Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > História do Município
Início do conteúdo da página

História do Município

Publicado: Sexta, 13 de Abril de 2018, 13h28 | Última atualização em Sexta, 13 de Abril de 2018, 14h37 | Acessos: 278
Situado à margem esquerda do Rio do Sono, na confluência do Córrego Brejão que banha a cidade, encontra-se NOVO ACORDO. 

No local onde hoje está situado a cidade de Novo Acordo, era uma fazenda de criação de gado bovino, pertencente a Dona Antônia Pires Macedo, ocupante de terras devolutas do Estado de Goiás. 

Em 14 de julho de 1947, ali chegou José de Sousa Dourado e irmãos, transportando grande estoque de mercadorias, onde se estabeleceram em virtude da região ser não só explorada por garimpeiros de pedras preciosas, como também habitada na sua maioria por criadores de bovinos e não existir na zona nenhuma firma comercial que viesse satisfazer as suas necessidades mais prementes. Portanto, a fixação desta firma comercial no local, motivou a confluência da população que passou pouco a pouco a se concentrar em torno do prédio da referida firma dos Dourados. 

Daí, se originou a cidade com a criação de uma escola particular, tendo como professor o senhor Manoel Silvério Dourado, pai dos proprietários da firma. Com esta iniciativa, é que muitos dos habitantes da região se transferiram para a povoação com o intuito de educar seus filhos. Naquela época a povoação pertencia ao município de Porto Nacional, encravado no então distrito de Ponte Alta do Norte. 

Com o crescente desenvolvimento da povoação foi por ato do senhor Prefeito Municipal de Porto Nacional, elevdo a categoria de Distrito em 05 de novembro de 1953, desmembrado do Distrito de Ponte Alta, tendo sido anexado também ao seu território para do distrito de São Félix, extinto por Lei Municipall em 21 de fevereiro de 1958. 
Em 14 de novembro de 1958, por força da Lei Estadual nº 2.130, foi elevado a categoria de município, dando-se a sua instalação em 1º de janeiro de 1959. 

As pessoas que mais se destacaram em prol do desenvolvimento da localidade, foram os senhores: José de Sousa Dourado, Faustino de Sousa Dourado, Serapião Dias e Filhos, Salmon do Amaral Brito, Silvestre Sampaio Silva e José Bela Hora. 

O Santo Padroeiro da localidade é Nossa Senhora das Graças, sendoo seu festejo realizado no dia 16 de julho de cada ano, com novenário, leilões e missa celebrada pelos padres de Porto Nacional. 

A denominação dada aos seus habitantes é de 'NOVOACORDIANOS'. 

O seu primeiro Prefeito foi o senhor Elson Aguiar de Sousa, nomeado pelo Sr. Governador do Estado em 1959. O primeiro prefeito eleito em 03 de outubro de 1960, foi o senhor Faustino de Sousa Dourado. A Câmara Municipal composta de 7 vereadores. 

Novo Acordo, 17 de dezembro de 1982

Fonte

PREFEITURA MUNICIPAL/IBGE
Fim do conteúdo da página